26/04/22

Educação financeira entra no foco do RH

Empresas como Mobly e Hotel Urbano oferecem a funcionários serviços de previdência e consultoria em finanças.

A valorização do bem-estar físico e mental dos empregados tem feito cada vez mais parte da estratégia de atração e retenção de talentos dentro das empresas. Mas do que adianta promover jornadas de trabalho mais flexíveis se os colaboradores passam noites sem dormir pensando nas dívidas? Em dezembro de 2021, o número de famílias que relataram estar endividadas atingiu 76,3% no Brasil, segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Assim, à medida que as empresas investem em ambientes mais saudáveis e flexíveis, a busca pelo bem-estar financeiro dos colaboradores também passou a ser uma demanda das áreas de recursos humanos, integrando o programa de benefícios de empresas como Mobly e Hotel Urbano.

“Internamente, a gente sempre conversou sobre saúde financeira, mas percebíamos que só a informação não era o suficiente”, conta Livia Callejas, diretora de gente e gestão na Mobly.

Nos primeiros meses de 2020, diz ela, a empresa recebeu uma proposta da Onze, fintech focada em previdência e saúde financeira. Após meses de análise e pesquisas com os colaboradores, o benefício começou a circular na organização e hoje conta com a participação de 40% dos funcionários.

Com a Onze, os colaboradores podem contratar a previdência privada, que inclui um valor também depositado pela empresa mensalmente, e têm acesso a um aplicativo no qual conseguem tirar dúvidas sobre previdência e saúde financeira, incluindo consultoria gratuita com planejadores financeiros especializados e acesso a uma plataforma de aprendizado.

“Quando a gente tem um parceiro com credibilidade, o funcionário consegue soluções mais assertivas e tem muito mais liberdade para discutir temas que, muitas vezes, ele não quer que a empresa saiba”, explica Lívia.

Jaqueline Souza, analista de treinamento do Hotel Urbano (Hurb), conta que, ao observar que o estresse financeiro entre os colaboradores só aumentava desde o início da pandemia, a busca por recursos que auxiliassem na organização financeira começou a fazer parte da estratégia de benefícios do Hurb. O objetivo, segundo Jaqueline, não era só oferecer serviços mais práticos (como adiantamento de décimo terceiro), mas também ter algo voltado para a educação e o planejamento dos funcionários.

“A gente viu que o endividamento também acabava impactando na produtividade. A pessoa acabava ocupando parte do tempo dela preocupada sobre como alocar recursos para pagar as dívidas, por exemplo”, explica. Em março deste ano, o Hurb iniciou a parceria com a Pilla, startup que oferece, em conjunto com o RH das empresas, soluções financeiras para os trabalhadores.

A partir de um aplicativo, os colaboradores podem acompanhar sua vida financeira e ter consultorias com especialistas. A Pilla oferece serviços que incluem a avaliação da situação financeira, criação de planejamento e adiantamento de salário em casos de urgência. Do outro lado, a empresa tem acesso a uma série de relatórios com informações gerais sobre a porcentagem de endividados e quantos colaboradores têm uma reserva de emergência, sempre preservando a privacidade dos casos.

“A partir de uma ajuda externa, que não tenha uma relação tão direta com o RH da empresa, as pessoas ficam mais confortáveis para conversar (sobre finanças) e se abrir de verdade”, diz Henrique Soares, CEO e cofundador da Pilla.

Para Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), falar sobre educação financeira é tratar de mudança de comportamento e por isso demanda tempo e informações confiáveis, para se romper uma série de vícios. “Não se educa ninguém financeiramente apenas com ações pontuais, é um processo longo e árduo”, afirma. 

“O endividamento também acaba impactando na produtividade. A pessoa ocupa parte do tempo dela preocupada sobre como alocar recursos para pagar as dívidas, por exemplo.”   Jaqueline Souza Analista no Hotel Urbano.

(Agência Estado)

Para melhorar a sua experiência utilizamos cookies essenciais e de acordo com a nossa Política de Privacidade, ao continuar navegando, você declara que concorda com estas condições.