02/07/19

Projeção de Selic a 5,5%

Conforme análise de Economistas

A fraqueza da economia brasileira elevou a expectativa em torno de novos cortes da Selic (a taxa básica de juros), atualmente em 6,5% ao ano. Entre os economistas do mercado financeiro, a projeção média é de que o Banco Central, responsável pela Selic, reduzirá a taxa em 0,25 ponto porcentual já no fim de julho. Ao todo, eles já preveem quatro cortes da taxa até o fim de 2019, para 5,5% ao ano. Esses porcentuais foram divulgados ontem no Sistema de Expectativas de Mercado do relatório Focus, do BC. Até a semana passada, a expectativa era de apenas três cortes da Selic em 2019, a partir de setembro.

A visão de que a Selic tende a cair já este mês foi reforçada pelas comunicações mais recentes do BC. Na semana passada, a instituição atualizou as projeções de inflação, indicando que o IPCA - o índice oficial de preços - está dentro das metas perseguidas. Ao mesmo tempo, reduziu de 2% para 0,8% a projeção de alta para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2019.

Os dois fatores - inflação sob controle e PIB fraco - justificariam, na visão de várias instituições financeiras, um novo ciclo de cortes da Selic. O BC, no entanto, tem passado sinalizações de que a baixa da Selic estaria vinculada ao andamento da reforma da Previdência. Sem a reforma, o espaço para cortes seria menor. O mercado passou a projetar inflação de 3,8% para 2019, ante os 3,82% da semana passada. Já o IPCA em 2020 foi para 3,91%, ante 3,95% da semana anterior. A projeção está abaixo do centro da meta de 2019, de 4,25%. Para 2020, a meta é de 4%.   

(Correio Web)