INFORMATIVO - RENTABILIDADE SETEMBRO/2020

Com os mercados internacionais sem tendência, o mercado brasileiro manteve foco em questões domésticas, principalmente em questões ligadas ao lado fiscal e trajetória da dívida pública. O governo vem demonstrando vontade em reforçar os programas sociais, mas apresenta maneiras pouco tradicionais ou razoáveis para financiar essas novas despesas.

Apesar da equipe econômica informar o teto será respeitado, a proposta em si, vai na contramão do avanço das discussões de contenção de despesas. O risco da política fiscal e o financiamento da dívida pública deverão permanecer como duas grandes preocupações de curto prazo dado o impacto direto na solvência do Estado e nas expectativas para juros, inflação etc.

Assim, além do aumento das taxas de juros mais longas, podemos acompanhar o forte movimento de abertura dos spreads nas LFTs e das operações indexadas ao CDI. A LFT, ou Tesouro Selic 2025, por exemplo, caiu 0,43% no mês.

O Boletim Focus, de 02 de outubro de 2020, indicava uma inflação para o ano de 2,12%, ante 1,78% de 4 semanas anteriores. A estimativa para a taxa Selic segue em 2,00% ao ano até o fim do 2020.

Em caso de dúvidas, não hesite em entrar em contato com a Administração da Fundambras para que possamos ajudá-lo com suas perguntas e necessidades específicas do seu plano de aposentadoria.

Atenciosamente,

Administração da Fundambras.